Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

U got TALENT

Imagem
Nos dias de hoje celebramos o talento...o talento para cozinhar, para dançar, malabarismos, excentricidades, etc.
Esses talentos não são mais do que uma forma de enaltecer o nosso ego.
O que hoje em dia precisamos porque a pressão psicológica a que estamos sujeitos diariamente é cada vez maior.
Tudo é mais rápido, tudo é computorizado...
Como alguém já me disse: não passamos de uma célula numa folha de excel.
Por isso exigimo-nos a ser mais, a sermos melhores, a sermos diferentes.
É inevitável


Talentos...
Mas esquecemo-nos do mais importante: a nossa vida.
Celebrar a nossa vida não é guardá-la para nós mas sim é, de forma livre, dar-la pelo Outro. Ajudanto o outro.
Todos nós alguma vez já dissemos isto: não temos tempo. não é comigo. porquê eu? etc

Não será isto a que Jesus se referia quando ele pronunciava a parábola dos talentos e dizia "servo mau..."?

Voltemos a ler a Parábola:
Parábola dos talentos (Lc 19,12-27) - 14«Será também como um homem que, ao partir para fora, cham…

Eutanasia: Caixa de Pandora?

Imagem
No proximo numero do jornal do grupo de jovens VOA, o JOb participa com uma pequena noticia de um debate que decorreu no passado sabado.

O tema: EUTANASIA

Mais do que propriamente falar sobre o livre arbítrio, falamos sobre questões que estão relacionadas com esta temática e que, de uma forma ou de outra, poderão vir a afectar-nos culturalmente, psicologicamente.

De facto, não foi fácil o debate, pois é um tema que requer, principalmente, de sobriedade para não entrarmos em argumentos demasiado emocionais ou sentimentalistas.

Aqui fica uma espécie de resumo do que aconteceu.
Agradecemos a participação dos VOA, da Dores (St. Tirso de Prazins) e da Ir. Luisa (Aliança de St Maria) e, não menos, importante aos contributos e opiniões de todos os elementos e, em especial, à coragem da Sara por ter aceite o desafio de preparar esta reunião.

No Antigo Testamento, encontra-se o relato do início de todos os males. A àrvore da vida, o fruto proibido, o homem e a mulher e a serpente.
Aqui a hi…

Ctrl+F:: Missao JOb

Por muitas vezes questionam-nos qual a missão de um grupo de jovens.
Geralmente, passa pela questão: "Mas, o que é que fazem?"

Para muitos, possivelmente, a preconcepção mental de um grupo de jovens será "passa-tempo" ou rezar.
De facto, qualquer das ideias demonstra alguma desconsideração ou desvalorização pelo trabalho que é feito dentro desses grupos.

Certamente, que como em tudo, existem bons e maus grupos de jovens. Da mesma forma, e consequentemente, como existem boas e más pessoas.
Contudo, será sempre um juizo de valor que carrega um grau elevado de subjectividade.

Pessoalmente, acredito que a catequese em si não é um fim mas um prólogo para a vida de um jovem Cristão. Assim, sublinhando que esta é somente a minha opinião, o grupo de Jovens pode ser ou é uma resposta possível à questão: "Terminei a catequese. E agora?"

Mas, mais do que isso, o Grupo de Jovens deve ser também a resposta da Igreja perante as palavras do Evangelho para com os jovens: