Era uma vez....



Era uma vez uma criança com um corpo deformado.
Os pais consultaram especialistas de medicina, aceitaram que fosse sujeito a algumas operações, mas o aspecto da criança continuava a suscitar compaixão.
Um dia, os pais decidiram levá.lo ao santuário  de Lourdes. Depois da Eucarístia, o Santíssimo Sacramento foi exposto. O celebrante, com a custódia, passou em seguida de doente em doente, fazendo com ela o sinal da cruz. A mãe beijou-o e perguntou-lhe:
-Filho, pediste a Jesus que te curasse?
Ele respondeu:
-Não, mãe. Olha para aquela criança ali ao lado tão doente! Pedi que curasse essa criança; necessita mais do que eu.
A mãe, de lágrimas nos olhos, ajoelhou-se e deu graças a Deus por este gesto de amor ao próximo.

Seremos nós capazes de esquecermo-nos de nós próprios por amor ao nosso irmão?

Sem comentários: